Logo motorista px horizontal

5 tipos de cargas especiais que precisam de cuidado no transporte

transporte-de-cargas-especiais

No mundo complexo da logística, cada tipo de carga apresenta desafios únicos e requisitos específicos a serem considerados. Quando se trata de movimentar mercadorias de um ponto a outro, é fundamental considerar as especificações no transporte de cargas especiais — assim como seus cuidados não podem ser subestimados. 

Desde produtos perecíveis até materiais frágeis e substâncias perigosas, cada categoria exige uma abordagem cuidadosa para garantir que cheguem ao seu destino final de forma segura e intacta. Além disso, o cuidado não diz respeito somente à carga, mas aos motoristas e outras pessoas.

Neste artigo, exploraremos 5 tipos de cargas especiais que demandam atenção extra durante o processo de transporte. Vamos analisar as características individuais e precauções necessárias para realizar o transporte rodoviário de cargas especiais em segurança.

Quais são os principais tipos de cargas especiais?

1. Transporte de cargas vivas

O transporte de cargas vivas, incluindo animais como bovinos, requer atenção especial para garantir que os animais sejam transportados com segurança e considerando seu bem-estar, os principais cuidados a serem observados pelos motoristas durante o transporte.

Cuidados no transporte de cargas vivas

Antes de mais nada, é crucial que o veículo de transporte, como as boiadeiras, esteja em condições adequadas. As classificações e separações devem ser verificadas para garantir que sejam seguras e evitem lesões aos animais.

Um dos aspectos mais importantes é que os animais devem ter espaço suficiente para se movimentar, deitar e se acomodar confortavelmente durante o trajeto. A ventilação adequada é essencial para manter o ar fresco e evitar o superaquecimento, assim como é necessário prevenir tanto o calor excessivo quanto o frio extremo.

Também é preciso manter o ambiente estável, evitando ruídos altos e barulho em excesso para reduzir o estresse dos animais e tornar o transporte mais seguro. Fornecer água e alimentação adequada é fundamental para manter os animais hidratados e nutridos durante a viagem. 

Treinamento de motoristas

O transporte de cargas especiais deve ter toda a documentação legal e regulatória. Por isso, a transportadora e o motorista precisam se certificar que tudo está em ordem antes de iniciar o transporte, incluindo certificados de saúde dos animais.

Fornecer treinamento adequado aos motoristas sobre o transporte de animais vivos é outra questão indispensável. Eles devem estar cientes das práticas usuais, cuidados com os animais e saber como lidar com situações de emergência. 

Os motoristas devem adotar uma condução suave, evitando manobras bruscas que possam causar quedas e lesões nos animais, assim como deve haver o planejamento de paradas regulares para descanso, alimentação e hidratação dos animais. 

Por fim, lembre-se que longas jornadas podem causar estresse e exaustão. Reforce a importância de fazer inspeções regulares durante o trajeto para verificar a saúde dos animais, e que qualquer problema deve ser tratado imediatamente por um veterinário.

O transporte de cargas vivas, especialmente boiadeiras, exige uma abordagem responsável para garantir o bem-estar dos animais e a segurança durante o trajeto. O cumprimento das regulamentações locais e boas práticas contribuem para um transporte ético e seguro.

2. Transporte de carga de algodão

O Brasil está entre os 5 maiores produtores e exportadores de algodão do mundo. Ou seja, o escoamento de toda esta produção se dá pelas principais rodovias do país, principalmente no Mato Grosso (que responde por quase 67% da produção brasileira), Bahia, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Devido ao fluxo do material nas estradas, os cuidados com a carga são essenciais para evitar acidentes, uma vez que as plumas de algodão são altamente inflamáveis. O enfardamento do algodão é um procedimento delicado, e o indicado é utilizar sacos de tecidos de algodão ou sacos de estopas. 

Ao colocar o algodão no caminhão, o produto deve ser protegido por lona plástica nova, envolvendo todo o volume com cuidado para que não haja qualquer tipo de perfuração — assim como evita o contato com água da chuva e sujeiras. 

O algodão é um material altamente inflamável e a utilização de equipamentos metalizados pode acarretar um incêndio em toda a carga. Portanto, os fardos devem ser fixados com fitas de arquear, evitando a utilização de arames ou outros materiais que possam causar faíscas. 

3. Transporte de cargas indivisíveis

Para efetuar o transporte deste tipo de cargas especiais (as cargas indivisíveis) é necessário que a empresa responsável tenha um cuidado rigoroso com as normas vigentes. Assim, o serviço é realizado de forma segura tanto para o condutor quanto para as demais pessoas e veículos que trafegam pelas vias.

Chamamos de cargas indivisíveis aquelas cargas especiais que não podem ser divididas em duas ou mais partes. Essas peças unitárias costumam ser muito grandes e pesadas, por isso precisam seguir uma série de regras para serem transportadas de um ponto a outro.

transporte-de-cargas-especiais
Transporte de cargas indivisíveis na estrada

Entre os exemplos mais comuns de cargas indivisíveis podemos destacar:

  • pás eólicas;
  • máquinas para fins industriais;
  • silos;
  • blocos de rocha;
  • toras de madeira;
  • guindastes;
  • asas de avião.

Um fato importante é que a movimentação de cargas indivisíveis compromete a fluidez do trânsito, mas esse tipo de carga só é liberada para ser transportada durante o dia. Dessa forma, os veículos que não excedem os limites da AET (Autorização Especial de Trânsito) podem ser liberados para trafegar no período noturno.

É importante ressaltar que as empresas que descumprirem regras durante o transporte de cargas indivisíveis podem receber advertências, multas administrativas ou até serem suspensas de emitir AET por um determinado período.

4. Transporte de cargas explosivas

O transporte de cargas de dinamite envolve o deslocamento seguro e controlado de explosivos que são amplamente utilizados na indústria de mineração, construção civil e demolição. 

A dinamite é um explosivo sensível que contém nitroglicerina e é frequentemente usada para quebrar rochas, desmontar estruturas ou criar escavações em várias aplicações industriais. Nesse sentido, o transporte de dinamite é um processo regulamentado e controlado, devido à natureza perigosa e potencialmente devastadora dos explosivos. Conheça os aspectos-chave do transporte de cargas de dinamite.

Regulamentações e normas de segurança

O transporte deste tipo de cargas especiais é regulamentado por leis e normas específicas de cada país e jurisdição. As normas de segurança são rigorosas para garantir a proteção tanto dos transportadores quanto do público em geral. 

Sendo assim, as regulamentações geralmente abrangem aspectos como embalagem, rotulagem, sinalização, processamento temporário e rota de transporte. A dinamite é embalada em recipientes resistentes a impactos e que minimizam os riscos de fricção, vibração ou calor excessivo. 

Para evitar acidentes, os explosivos são normalmente colocados em caixas ou barris especiais projetados para resistir a impactos e reduzir os riscos de detonação acidental. Diante de tamanho perigo, os profissionais que transportam a carga devem ser profissionais experientes. 

Normalmente, o exército ou outra agência governamental similar em cada país é responsável por emitir as autorizações e licenças necessárias para o transporte de cargas explosivas, incluindo a dinamite. Essas autorizações garantem que os transportadores adquiram as regulamentações de segurança e sigam os procedimentos supervisionados durante o transporte de cargas perigosas.

Além disso, os veículos que transportam dinamite devem ser identificados com placas de sinalização e etiquetas de escrita. Isso alerta as pessoas sobre a natureza perigosa da carga e ajuda os socorristas em casos de acidentes. Em muitos casos, o caminhão é escoltado por razões de segurança, tanto para o transporte em si quanto para a proteção do público em geral e do meio ambiente. 

5. Transporte de cargas refrigeradas

A missão de preservar o frescor e a qualidade dos alimentos, desde frutas vibrantes até cortes de carne, é um desafio que exige uma combinação de precisão, tecnologia e cuidado. A temperatura é um ponto primordial neste tipo de cargas especiais, que regula o delicado equilíbrio de manter os produtos perecíveis e congelados em sua melhor forma. 

O interior dos veículos é como uma zona termal, onde a temperatura é mantida em níveis baixos para conservar os alimentos. Dessa maneira, os veículos são equipados com baús frigoríficos, isolamento térmico de alta qualidade e sistemas de refrigeração sofisticados para ter um ambiente controlado que mantém os alimentos em estado impecável.

Há também sistemas de monitoramento para rastrear constantemente a temperatura interna e alertar os operadores caso haja qualquer desvio. Isso garante que, mesmo em uma longa jornada, os produtos permaneçam seguros.

Cuidados com cargas refrigeradas

O transporte de produtos perecíveis e congelados envolve toda a cadeia de suprimentos. A higiene é outra preocupação constante, tanto nos locais de produção quanto nos veículos de transporte. Afinal as normas rigorosas de segurança alimentar são seguidas à risca, evitando qualquer risco de contaminação.

A partir disso, a logística desempenha um papel fundamental. O tempo de viagem é meticulosamente calculado para garantir que os produtos cheguem aos destinos antes que sua qualidade seja comprometida. As rotas são planejadas com precisão, minimizando a exposição a condições climáticas extremas ou atrasos inesperados.

Os cuidados no transporte de cargas especiais garantem a segurança de todos que trafegam nas rodovias. Portanto, a preparação das mercadorias, a escolha de profissionais capacitados e outras questões devem ser pensadas detalhadamente. 

Não deixe de compartilhar este post sobre cargas especiais nas suas redes sociais e divulgue os cuidados que as empresas devem ter ao transportar esses tipos de cargas! 

Fique por dentro do mundo da logística, siga-nos nas redes sociais.

Picture of Mayara Mira

Mayara Mira

Mayara Mira é Copywriter na Motorista PX. É graduada em Jornalismo, com pós-graduação em Marketing pela PUC Minas.
Picture of Mayara Mira

Mayara Mira

Mayara Mira é Copywriter na Motorista PX. É graduada em Jornalismo, com pós-graduação em Marketing pela PUC Minas.
Últimos artigos:

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.